fbpx

Permita-se mudar

Permita-se um monte de coisas…de mudar de emprego a mudar de amor. De deixar de ser morena para ser loira. De raspar a cabeça e pensar numa nova tatoo.

O momento gera a necessidade de olharmos para outros rumos.

Precisamos de coragem e resiliência, rever o que não estava bom. Devemos talvez parar de maquiar nossas vidas.

Fora da quarentena, muitas selfies sorrindo, mostrando o quanto feliz (sendo muitas vezes infelizes de fato), somos. Procurávamos o melhor ângulo, e antes do click o sorriso fake se abria.

Agora, dentro de nossas casas, num isolamento social, muitos de nós não encontra motivos para selfie. A busca pelo nada, enfim se mostrou falha.

Ela só ocupava o vazio de nossas vidas. Pense nisso.

Relacionamentos estão abalados, casamentos estão acabados. Pais reencontraram seus filhos, pois agora o trabalho acontece em outro ritmo.

Descobriram enfim que os profissionais são produtivos em home office, e fico na torcida para que isso permaneça. Devemos evoluir, e essa parada tem esse objetivo, é o que dizem por aí…

Convido você a voltar a sua essência e reforçar seus valores. Observar suas amizades, ficando só com as verdadeiras.

Deixe a correnteza da vida levar aquilo que não te pertence. Você merece ser feliz, mas precisa lutar por isso.

No trabalho, procure encontrar o que te faz feliz, e se seguir esse caminho, eu tenho a certeza que você não irá mais trabalhar na vida. Te escrevo isso com propriedade, pois escolhi esse caminho.

Faça um planejamento de ações para depois que a quarentena acabar, inclua visitar seus irmãos e pais, abraçá-los com amor. E como sentimos falta de abraçar outras pessoas.

Você tem tempo agora, pare de procrastinar as decisões e mudanças.

Por fim, estamos redescobrindo o que significa ser humano.

Luciana Roberta de Moura – Professora e Consultora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *