fbpx

VICA no RH

Confesso que da minha parte, eu não acho interessante o VICA no RH… mas a moda de uso começou em 2010.

O termo surgiu nos Estados Unidos, para uso militar que começou no final dos anos 90 para tratar das ferramentas e métodos necessários para fazer frente a um ambiente altamente desafiados e agressivo.

Lá ficou conhecido como VUCA, mas a tradução para o português fica VICA:

Volatilidade: qual é a velocidade de mudança que vivemos atualmente? Tecnologias e inovações fazendo com a zona de conforto seja cada vez menos atraente;

Incerteza: atualmente é um dia por vez. Todo o planejamento feito para 2020 precisa ser refeito. O mundo que vivíamos não é mais o mesmo;

Complexidade: respostas certas, para um mundo incerto fazem parte das decisões diárias. Percebemos que fatores internos e externos impactam os negócios;

Ambiguidade: quantas alternativas de respostas para uma mesma questão temos? Será que ainda devemos aceitar apenas duas opções: ou essa ou aquela?

O RH nasceu na era industrial, quando as empresas foram organizadas por recursos. Mas será que pessoas são somente recursos?

Ou além disso, as pessoas são elementos vitais para o desenvolvimento das empresas e sequência dos negócios em tempos de quarentena…

O RH segue em muitas empresas sendo apenas operacional, mas em tempos de volatividade, incerteza e tudo mais que o VICA apresenta, deveríamos ter uma visão mais estratégica.

Precisamos empoderar o RH das empresas!

RH pensando no negócio da organização, apoiando as empresas a serem mais competitivas.

Entendo que o maior legado desses novos tempos de trabalho, seja o trabalho remoto. Muitas empresas que estavam com projetos há anos para esse fim, tiveram que se adaptar em menos de uma semana.

Como esse tempo recorde foi possível?

Portanto, são tempos de trabalhar o desapego, afinal o mundo de antes já não existe mais.

O RH que você conhecia também não.

Precisamos olhar para frente, inovar e agir rapidamente.

Grande abraço,

Luciana Roberta de Moura

Consultora e Professora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *